Notícia

Jackeline Rocha faz carreata em três cidades da Grande Vitória

Em busca de votos, a candidata do PT ao governo do Estado passou por bairros da Serra, de Cariacica e de Vitória

Selo do 21º Curso de Residência em Jornalismo da Rede Gazeta

A candidata do PT ao governo do Estado, Jackeline Rocha, escolheu três cidades da Grande Vitória para fazer carreata no último dia de campanha antes da votação do primeiro turno das eleições. Ela passou por ruas da Serra, de Cariacica e de Vitória.

Desde as 8h da manhã deste sábado (06), Jackeline passou de trio elétrico por bairros como Barcelona, Feu Rosa e Nova Carapina, na Serra; Itacibá, Nova Brasília e Campo Grande, em Cariacica; e Jabour, na Capital.

Jackeline passou por bairros da Serra, Cariacica e Vitória
Jackeline passou por bairros da Serra, Cariacica e Vitória
Foto: Caio Cesar

Segundo Jackeline, caso eleita, suas primeiras ações serão a retomada de investimentos e geração de emprego e renda. Nesse sentido, a candidata disse que vai "aproveitar o conhecimento produzido" pelo Instituto Jones dos Santos Neves. "Ninguém aproveita o conhecimento produzido por esse órgão que já existe no Estado e foi sucateado", afirmou.

A instituição do governo do Estado fica em Vitória e tem como finalidade produzir dados estatísticos voltados ao desenvolvimento do Espírito Santo.

Segundo Jackeline, com os dados do instituto seria possível a criação de um observatório do trabalho com foco na geração de emprego. "Temos dez microrregiões com potencialidades diferentes que não são exploradas", afirmou.

A candidata do PT ao governo do Estado considerou como positivo o resultado de sua campanha. "Dialogamos bastante com a população. Todos os dias as agendas eram de muito contato, de corpo a corpo", disse.

CENÁRIOS

Jackeline ainda destacou que o trabalho realizado pelo PT no Espírito Santo contribuiu para a campanha presidencial.

"O Haddad vai ter voto nos 78 municípios do Estado. Nosso partido é de massas e temos muito orgulho disso. Espero que a gente saia vitorioso não só na Presidência como também elegendo uma boa chapa na Assembleia Legislativa. Esperamos que nossa senadora, subindo nas pesquisas, possa ter um resultado competitivo também", disse.

Durante a carreata, a proporção de mulheres acenando para o trio da candidata do PT era maior do que a de homens. "Não senti resistência por parte do público masculino, isso depende muito do lugar onde vamos. Mas a questão da representatividade é importante. Ser mulher, jovem e negra é um recorte que faz a diferença (estar presente na campanha)", destacou.

Jackeline agradeceu ao eleitorado pelo apoio que recebeu durante os atos de campanha. "Me sinto honrada por realizar uma campanha bonita como essa. O momento não é fácil para o PT e sabemos que as eleições estão muito polarizadas. Infelizmente, temos visto menções de cunho racista, homofóbico e misógino. Política não é essa briga de torcidas. Ela tem que ser feita com seriedade", destacou.

Ver comentários