Notícia

Manato diz que missão foi cumprida com sucesso

Segundo colocado na eleição para governo do ES festejou a eleição de 5 deputados do PSL. Adversários também comentaram o resultado das urnas

Selo do 21º Curso de Residência em Jornalismo da Rede Gazeta

O segundo colocado na disputa para o governo do Estado com 27,22% dos votos válidos (525.973 votos), o candidato Carlos Manato (PSL) afirmou que cumpriu sua missão partidária ao conseguir com que seu partido elegesse cinco deputados, sendo uma parlamentar federal – a mulher dele, Soraya Manato – e quatro estaduais – Delegado Danilo Bahiense, Capitão Assumção, Coronel Alexandre Quintino e Torino Marques.

> Veja a apuração completa dos votos no ES

Por meio de nota, Manato disse que encerrou a campanha com a sensação de dever cumprido e que deu ao povo capixaba a oportunidade de escolha, pois a decisão das urnas é soberana.

"Agradeço, sinceramente, os mais de 500 mil capixabas que acreditaram em nossa proposta e confiaram a mim este voto. Foi uma grande honra contar com o apoio de todos vocês", afirmou Manato.

Soraya Manato, eleita deputada federal, chega à seção eleitoral com Manato
Soraya Manato, eleita deputada federal, chega à seção eleitoral com Manato
Foto: Ludmila de Azevedo Crepe

Leia também

O candidato ainda questionou as pesquisas eleitorais, dizendo que elas não mostram a realidade por conta de dados anteriores aos resultados das urnas, e afirmou que agora irá concentrar esforços na eleição de Jair Bolsonaro, que vai enfrentar Fernando Haddad (PT) no segundo turno para presidente da República. 

"Isso é uma grande conquista para o nosso partido, o PSL. Somos muito gratos ao povo capixaba por essa grande oportunidade! Agora é momento de concentrar nossos esforços, para fazermos Jair Messias Bolsonaro, o nosso presidente da República."

Além de Manato, os demais candidatos ao governo divulgaram notas sobre o resultado da eleição.

Jaqueline Rocha (PT), que ficou em terceiro lugar e obteve 7,38% dos votos válidos (142.654 votos) agradeceu por ser sua primeira campanha para governo do Estado.

"Quero agradecer todo o apoio que recebi, da militância do Partido dos Trabalhadores, e ao PT, que me deu a confiança para essa missão de ser candidata ao governo do Estado, sendo a primeira vez que eu disputo um pleito eletivo", afirmou Jackeline.

Rose de Freitas (Podemos), que teve 5,47% dos votos (105.754 votos), disse em nota que quem conheceu sua campanha e tomou conhecimento da sua candidatura ao governo expressou claramente a vontade de que continue como senadora.

"Não pude me afastar do Congresso e tenho certeza que um conjunto de fatores prejudicou sobremaneira a nossa candidatura. Portanto, a minha trincheira de luta pelo povo capixaba continua no Senado Federal", disse Rose.

Aridelmo Teixeira (PTB) ficou em quarto com 3,25% dos votos válidos (62.821 votos) e disse que teve a honra de poder cumprimentar pessoalmente os eleitores ou dialogar via debates, entrevistas, palestras ou reuniões nos últimos 45 dias intensamente.

"Quero agradecer a todos que acompanharam a Marcha do 14 e a confiança em mim depositada nas urnas neste domingo. Foram mais de 62 mil votos de pessoas que confiam na renovação política para o Estado e um Brasil melhor", declarou Aridelmo.

André Moreira (PSOL), com 1,18% dos votos válidos (22.875 votos), afirmou que manterá seu compromisso de fiscalizar o futuro governo e seguirá defendendo os direitos fundamentais dos segmentos mais vulneráveis da sociedade.

"A Frente cumpriu seu papel de representar nesta eleição coletivos da juventude, de negros e negras, de LGBTQ, dos movimentos sindicais e sociais, entre outros segmentos alinhadas à defesa incondicional dos direitos e das liberdades", afirmou Moreira.

Ver comentários