Notícia

Candidata a vereadora é flagrada saqueando lojas em Cachoeiro

O partido emitiu uma nota oficial e vai verificar a fato

Ela estava com outras duas mulheres que carregavam mochilas e bolsas cheias de produtos
Ela estava com outras duas mulheres que carregavam mochilas e bolsas cheias de produtos
Foto: Reprodução - Redes Sociais

Uma candidata a vereadora de 23 anos é suspeita de ter participado dos saques que ocorreram em diversas lojas de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado nesta segunda-feira (06). O partido emitiu uma nota oficial e vai verificar a fato.

Fotos de Marcela Ranocchia com diversas bolsas estão circulando nas redes sociais e provocando indignação nos internautas. Ela estava de blusa listrada e short jeans, acompanhada de outras duas mulheres que carregavam mochilas e bolsas cheias de produtos.

Marcela se candidatou pelo PSDB para as eleições de 2016. O partido emitiu uma nota oficial afirmando que "tomou conhecimento, através das redes sociais, de que uma candidata ao pleito de vereadora no ano de 2016 pelo partido participou dos saques ocorridos."

Diz ainda que as medidas cabíveis para a verificação e punição pelo partido já estão sendo adotadas, inclusive com a instauração de processo disciplinar no Conselho de Ética e Disciplina. Confirmado o fato, após a garantia da ampla defesa e do contraditório, será expulsa.

O presidente do PSDB no município, Cícero Moura, informou que o partido está tentando contato com Marcela desde que recebeu informações sobre as imagens. No entanto, ela ainda não foi localizada. 

A redação do Gazeta Online Sul também tentou contato com a candidata, mas sem sucesso.

Vídeos mostram alguns acontecimentos durante os dias sem policiamento:

Ver comentários