Notícia

Cachoeiro terá mais câmeras de segurança

Número vai de 40 para 60 câmeras de videomonitoramento em pontos estratégicos

Fábio José Neto foi observado pelas câmeras de videomonitoramento pelas ruas da cidade em atitude suspeita
Fábio José Neto foi observado pelas câmeras de videomonitoramento pelas ruas da cidade em atitude suspeita
Foto: Divulgação/GCMA

Até dezembro, o número de câmeras de videomonitoramento da prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado, pode subir de 40 para 60. Dentro dos próximos 15 dias, equipe formada por policiais militares, civis e agentes vai listar pontos estratégicos como sugestão para localização das novas câmeras.

Segundo anúncio da prefeitura, na manhã desta segunda-feira (26), nos meses seguintes, o número de equipamentos pode chegar a 80. Cada equipe de agentes da segurança pública reunirá dados para a próxima reunião do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), em julho, para saber onde os equipamentos serão instalados.

O titular da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV), Guilherme Eugênio, reforça a importância do videomonitoramento na investigação dos casos. “Para o trabalho da Polícia Civil, o sistema já traz uma série de benefícios, e as ferramentas podem e precisam ser aprimoradas, até mesmo para aumentar a chance de elucidação dos crimes e a qualidade das provas”.

Durante a reunião, um mapa da cidade com a localização das câmeras, dos pontos de policiamento e das rotas mais aptas à fuga de bandidos foi usado como apoio para um diagnóstico inicial das principais demandas em prevenção e investigação de crimes.

De acordo com o comandante do 9º Batalhão, as câmeras são apoio constante também para as rondas do policiamento ostensivo. “Cada informação forma uma rede que auxilia na solução e nas ações preventivas”, destaca tenente-coronel Heron Ronan Roman.

Reconhecimento ótico de placas

Além de chegar ao quantitativo de 80 câmeras, o Planejamento Estratégico Municipal para os próximos anos prevê dez câmeras OCR, sigla em inglês para reconhecimento ótico de caracteres. Usado com mais frequência perto de radares eletrônicos, o aparelho permite que a placa do veículo filmado seja pesquisada automaticamente no cadastro online. A expectativa é para instalação de seis câmeras nesse modelo neste ano, e outras quatro no ano que vem.

 

Ver comentários