Notícia

Marinha encerra buscas por pescadores que morreram em naufrágio no Sul

Após cinco dias, a Marinha do Brasil anunciou que as buscas pelos corpos das três vítimas do naufrágio em Itapemirim foram suspensas

Embarcação naufragou no litoral de Itapemirim
Embarcação naufragou no litoral de Itapemirim
Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Após naufrágio que matou três pescadores em Itapemirim, famílias das vítimas da tragédia aguardavam pelo resultado das buscas dos corpos de Pablo Souza Amaral, de 21 anos, Wanderson Batista Gomes, de 18 anos, e Cleidison Matias, de 19 anos. No entanto, a Marinha do Brasil, por meio do Comando do 1° Distrito Naval, esclareceu em nota que encerrou os trabalhos neste domingo (30), após cinco dias de busca.

De acordo com registro passado, o naufrágio continua sendo divulgado para os navios e embarcações que transitam na área do ocorrido, e as buscas poderão vir a ser retomadas caso surjam novas informações.

O naufrágio

Três pescadores morreram em um naufrágio na madrugada da última quarta-feira (26), em Itapemirim, na região Sul do Espírito Santo. Outros três pescadores sobreviveram e chegaram à costa na manhã de quinta-feira (27).

> "Nadamos por quase 15h", conta sobrevivente de naufrágio no ES

Os sobreviventes estavam a cerca de 80 quilômetros da costa, na altura da cidade de São João da Barra, no Estado do Rio de Janeiro. Foram mais de 15 horas de viagem até chegar a Itapemirim, às 6h30, onde foram levados para o Hospital Menino Jesus.

Ver comentários