Notícia

Fique de olho nas datas de pagamento do IPVA para não perder o desconto

Condutores que optarem pela cota única até a data do vencimento pagarão 5% a menos do valor

Frota de veículos do Estado chega a quase 2 milhões: dirigir carro sem licenciamento é infração gravíssima
Frota de veículos do Estado chega a quase 2 milhões: dirigir carro sem licenciamento é infração gravíssima
Foto: Fernando Madeira

Nesta segunda-feira (8) começa a vencer o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no Espírito Santo para quem tem automóveis, caminhonetas, utilitários e motocicletas. Os condutores que fizerem o pagamento em cota única até a data do vencimento terão 5% de desconto. Outra facilidade é que proprietários de veículos leves poderão parcelar o IPVA em até quatro vezes.

De acordo com a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz), a meta de arrecadação para este ano é de R$ 521 milhões, e 50% deste valor serão destinados aos municípios onde os veículos estão emplacados. “A arrecadação do IPVA é muito importante. O valor é dividido igualmente entre o município e o Estado para cobrir as despesas de ambos”, destaca Leandro Gonçalves Kuster, gerente de arrecadação e cadastro da Sefaz.

Leia também

Não há no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) uma multa específica para o não pagamento do IPVA, mas o veículo que não estiver licenciado está impedido de transitar em via pública, conforme o artigo 130, do CTB. “O proprietário que não quitar os débitos referentes ao IPVA ficará impossibilitado de fazer o licenciamento”, explica Marcus Perozini, diretor de Habilitação e Veículos do Detran/ES.

Segundo o órgão, a infração é gravíssima para quem conduzir um veículo não licenciado em via pública. E, se o carro for apreendido, os gastos financeiros para regularizar a situação pesam ainda mais no bolso. “O artigo 230 do CTB prevê aplicação de multa de R$ 293,47, sete pontos na carteira e remoção do veículo”, indica Marcus Perozini.

A falta de quitação também pode implicar na inscrição do condutor no Cadastro Informativo de Créditos Não Quitados do setor público federal (Cadin) – um banco de dados que contém os nomes de pessoas físicas e jurídicas com obrigações pecuniárias vencidas e não pagas.

“Por causa da dívida ativa, não é possível obter a certidão negativa de débito do Estado. Isso implica negativamente em casos de concursos públicos, licitações, financiamentos, compra e venda de imóveis, auditorias, entre outros”, acrescenta Leandro Kuster.

PARCELAMENTO

Para os condutores que ainda não conseguiram organizar o pagamento, vale lembrar que os boletos não serão enviados para o endereço cadastrado. Os documentos únicos de arrecadação (DUAs) para pagamento do IPVA estão disponíveis no site da Secretaria de Estado da Fazenda ou no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

Leia também

Uma possibilidade para quem não consegue realizar o pagamento do imposto à vista ou na quantidade de parcelas que o governo já oferece (quatro vezes), há a chance de parcelamento em até 12 vezes no cartão de crédito com a empresa credenciada e autorizada pelo Denatran, Zapay Pagamentos.

A transação ocorre como qualquer operação feita com cartão de crédito e será cobrada, com juros, diretamente pela operadora de cartão, via fatura ou débito em conta. “Nem todo mundo possui o valor total do IPVA de seu carro para quitar o imposto à vista e aproveitar o desconto oferecido pelo Detran. Mas, agora, o Espírito Santo conta com a opção de parcelamento, via cartão de crédito com a Zapay”, afirma Callebe Araújo, um dos sócios da empresa.

FROTA

Dados do Detran/ES revelam que, atualmente, o Estado possui 1.969.701 veículos leves, sendo 968.731 automóveis, 447.720 motocicletas e 106.838 motonetas. O IPVA é calculado sobre o valor de mercado dos veículos, de acordo com pesquisa elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) - a alíquota é de 1% para ônibus, micro-ônibus, caminhões, motocicletas e ciclomotores. Para carros de passeio e caminhonetes e embarcações, a alíquota é de 2%.

PELO MERCADO

Onix 2019 em condição especial até terça-feira

Para celebrar a marca de 1 milhão de Onix vendidos no Brasil, a CVC participa da campanha “Onix do Milhão”. Até o dia 9, todos os consumidores que comprarem um Onix 2019 zero quilômetro ganham descontos a partir de R$ 1 mil. Além disso, toda a linha pode ser adquirida com entrada e taxa zero em até 12 vezes. As lojas de Serra, Vitória, Guarapari, Cachoeiro, Guaçuí, Colatina e Nova Venécia estão na ação.

EcoSport com bônus de R$ 5 mil neste mês

Até o final do mês, quem pretende comprar um SUV pode aproveitar a oportunidade da Contauto, que está oferecendo desconto de R$ 5 mil na compra do EcoSport SE 1.5 Direct Automática. Na promoção, o valor do carro sai por R$ 64.990. O carro vem equipado com sistema multimídia com tela touch screen de 7”, entrada USB, conexão Bluetooth, conectividade completa com Android Auto e Apple CarPlay, além de Comandos de Voz. Além disso, o veículo traz Controle Eletrônico de Estabilidade e Tração, que mantém o veículo sob controle em manobras bruscas, até mesmo em situações imprevistas.

Cayenne terá versão cupê

A Porsche vai lançar uma versão cupê do Cayenne, que vai chegar ao Brasil ainda este ano. O preço esperado ultrapassa os R$ 750 mil. O modelo segue o padrão da categoria, caimento brusco no teto na traseira e também é 2 cm mais baixo frente ao “convencional”. A marca aproveitou para alargar o SUV e dar um aspecto mais musculoso, com para-lamas 1,9 cm maiores. Integrado ao teto, há um defletor. Abaixo, está um spoiler ativo, que se estende 13,5 cm a velocidades acima de 90 km/h. Tudo para gerar mais downforce. A versão Coupé do Cayenne pega emprestado os dois motores do SUV: o V6 3.0 turbo de 340 cv e o V8 4.0 biturbo de 550 cv.

Ver comentários