Especial Guarapari

Paraíso além das praias. Cachoeiras encantam visitantes de Guarapari


Paraíso além das praias. Cachoeiras encantam visitantes de Guarapari

Conhecida pela região litorânea, a Cidade Saúde também conta com belas cachoeiras. Conheça as quedas dágua da região e monte seu roteiro para feriados e finais de semana!

Christian Diego

Guarapari é destino certo para muita gente, principalmente no verão. Mais de um milhão de turistas circulam pelas areias das belas praias da cidade. Mas além dos banhos de água salgada, a água doce também vem ganhando destaque nos passeios: as cachoeiras se tornaram opções para quem quer aventura e também calmaria. 

Há, pelo menos, quatro quedas d’água na lista das mais frequentadas, além de algumas menores. Todas ficam em áreas particulares, na zona rural do município.

O passeio pode começar pelo distrito de Buenos Aires, que fica a cerca de 12 km do Centro de Guarapari. Essa foi a escolha recente do vendedor Christian Diego Fonseca Nascimento, morador de Vitória. Na localidade, fica a famosa Cachoeira de Buenos Aires, que também é conhecida como Cachoeira do Turco, do Barbudo ou do Nasser.

Foto: Giselle Macedo

“Foi um lugar que me surpreendeu bastante pelo fato de estar a pouco tempo das praias e também por ser bem fácil de chegar. O lugar é lindo, limpo e agradável, um ambiente bem familiar mesmo”, relatou.

Quedas d’água

Em tempos de recomendações em alta pelas redes sociais, a beleza natural da cachoeira foi o que chamou a atenção do engenheiro civil Franco Ragassi, de Vitória. “O local é maravilhoso, rende ótimas fotos, e a água é perfeita”, definiu.

Um pouco mais distante, na comunidade de São Félix, a cerca de 35 km do trevo de Guarapari, na BR-101, está a Cachoeira do Bravin, outra bastante frequentada. Com seis quedas d’água, é uma escolha recorrente da engenheira civil Giselle Macedo.

“Eu conheci essa cachoeira no ano passado, porque costumo fazer trilhas de bicicleta e alguns amigos me levaram. O pessoal costuma fazer o trajeto de bicicleta do Posto da Jaqueira até lá. Depois disso, já fui outras vezes para levar amigos daqui do Espírito Santo, que ainda não conheciam, e também amigos do Rio de Janeiro. O pessoal fica encantado, principalmente com as quedas que são acessadas pela trilha. Recomendo esse passeio”, disse a moradora de Vila Velha.

Agroturismo

Em desenvolvimento junto com a procura pelas cachoeiras, também está o agroturismo na região. Sítios ao longo das estradas de chão vendem produtos caseiros e também proporcionam passeios em trilhas ecológicas.

Ficou interessado e quer conhecer as quedas d’água? Veja no quadro ao lado como chegar a esses lugares e curtir momentos de imersão na natureza. Divirta-se!

Prepare o seu roteiro

 • Cachoeira de Buenos Aires

Também conhecida como Cachoeira do Turco, do Barbudo ou do Nasser, essa queda d’água fica localizada a 9 km do trevo de Guarapari, pela BR-101. Para iniciar o caminho, basta seguir a placa que indica a estrada para o distrito de Buenos Aires. Chegando na comunidade, deve-se virar à esquerda no Bar do Ademir e 500 metros depois há uma placa indicando para a estrada à direita, passando por uma ponte estreita. Depois disso, basta seguir mais 1,5 km até o estacionamento do Sítio Nasser. É preciso seguir por uma trilha no meio da mata, mas na propriedade há todas as informações. Não é cobrada uma entrada, mas pode-se deixar uma contribuição voluntária para que os donos do sítio ajudem a manter o local. Contato: (27) 99989-8587. Na subida de Buenos Aires, os turistas também podem parar na Cachoeira Cascatinha.

• Cachoeira do Bravin

O local também é conhecido por outros nomes, como Cachoeira de Cabeça Quebrada, Cachoeira do Felix ou Cachoeira de Iracema. Tem seis quedas d’água, área para camping, banheiro, serviço de bar e estrutura para alimentação. Os donos da propriedade cobram uma taxa de R$ 2,00 para entrada, para ajuda na manutenção do local, e é proibida a entrada com animais e bebidas. Fica na comunidade de São Félix, a cerca de 35 km do trevo que dá acesso a Guarapari pela BR-101. Basta entrar pelo pequeno portal ao lado do Posto Jaqueira, seguindo no sentido Sul da rodovia. Deve-se seguir por cerca de 15 minutos de estrada asfaltada até a comunidade de São Miguel. Lá haverá uma placa indicando o caminho para a “Cabeça Quebrada”, à direita. A partir de então são mais 15 minutos de estrada de chão. Haverá separações de pista, mas basta seguir as placas “Cabeça Quebrada” ou “Cachoeira”. Contato: 99607-2801.

• Cachoeira de Pernambuco

Fica a cerca de 20 km do Centro de Guarapari, no distrito de Rio Calçado. Além da cachoeira, o local possui área para camping, piscinas naturais e estacionamento. Para chegar, é só pegar o mesmo caminho para a Cachoeira de Buenos Aires, mas continuar seguindo a estrada. Não é cobrada tarifa. O acesso ao ponto de banho da cachoeira é fácil, mas até a queda d’água é mais complicado, não sendo recomendados para crianças e idosos. Em Rio Calçado também há outras três cachoeiras menores que podem ser visitadas. A dica é conversar com moradores da região.

• Cachoeiras Bar ou Cachoeirinha

Fica a cerca de 40 minutos do trevo de Guarapari e para chegar deve-se entrar também pelo caminho para Buenos Aires, mas ao invés de virar no Bar do Ademir, deve-se continuar o trajeto pela comunidade até o distrito de Bahia Nova. A dica também é conversar com moradores da região para indicações do caminho. A cachoeira forma uma piscina de águas rasas, ideal para passa o dia em família e com crianças.

• Cachoeira do Morosini

Fica na localidade de Pau D’Óleo. A partir do trevo de Guarapari, siga do sentido Rio de Janeiro pela BR-101 por cerca de 14 km e depois vire à direita. Em seguida, é só seguir por cerca de cinco minutos por essa estrada e chegar até a propriedade. No local é permitida a entrada com carne para churrasco. Outras comidas, bebidas e carvão não são permitidos, mas podem ser comprados do local. O valor de entrada é de R$ 3,00 por pessoa. Contato: 99824-4605.

Especial Guarapari


Em Guarapari é verão o ano inteiro

Além da temperatura agradável, festas e shows no feriadão da Independência são uma prévia do que vem por aí na época mais aguardada do ano na Cidade Saúde. Confira a programação

Divulgação

Um dos destinos mais procurados no Estado pelos turistas, principalmente no verão, Guarapari não perde seus encantos nem mesmo durante o inverno. Quem está na cidade nesta época do ano garante que, mesmo no período entre junho e setembro, o clima gostoso convida para um banho de mar.

A característica faz com que a cidade seja encarada como uma opção de passeio em qualquer estação ou época do ano. De janeiro a janeiro, é possível aproveitar todos os atrativos que este paraíso natural tem a oferecer, seja com a prática de esportes, como o surfe e stand-up paddle, seja curtindo o fim de tarde rodeado de amigos na areia da praia.

Muitos visitantes e moradores até brincam com essa “versatilidade”. Nas redes sociais, fotos tiradas na praia em pleno mês de agosto, por exemplo, vêm acompanhadas da frase “tem um verão no meu inverno”.

O dentista Kaio Cometti, de 25 anos, foi um dos que entraram nessa brincadeira. Ele é morador de Guarapari e conta que até a paisagem fica mais bonita nesta época.

“Guarapari é uma cidade que dá para curtir o ano todo. Como aqui é difícil fazer frio, reunimos os amigos nos finais de semana, vamos à praia e esperamos pelo pôr do sol, batendo papo. Inclusive no inverno, quando parece que ele fica ainda mais bonito. É uma espécie de ‘esquenta’ para sair à noite. Aqui, só fica parado quem quer”, brincou o jovem.

"Guarapari": "Praia da bacutia é um dos points mais badalados da cidade durante todas as estações do ano"
"Guarapari": "Praia da bacutia é um dos points mais badalados da cidade durante todas as estações do ano"
Foto: Divulgação

Badalação

Além da curtição nas praias durante o dia, os feriados do segundo semestre do ano garantem a badalação à noite. Casas de show, bares e boates abrem as portas no feriadão da Independência e dão um gostinho do que está por vir no verão.

Uma das principais atrações é a Copa Atlética Praia (CAP), um festival universitário que reúne festas e competições esportivas entre as Associações Atléticas Acadêmicas do Estado. A programação começa na próxima quinta-feira (6) e vai até domingo (9). Serão oito shows nacionais e mais de 20 atrações distribuídas entre espaços famosos na cidade, como Luazul, Multiplace Mais, Thale e Arena Premium.

Artistas e bandas, como Sorriso Maroto, Bruninho e Davi, Atitude 67, Mc Don Juan e Illusionize, serão os responsáveis por garantir o agito. Os pacotes para curtir as festas custam de R$ 99,99 a R$ 480,99, mas os ingressos também podem ser comprados separadamente.

Além da Copa Atlética Praia, outras casas, como o Mex Steak & Beer, também garantem a diversão durante o feriado. Por lá, são esperados artistas, como Glauco e Felipe Brava.

127 anos de encantos

No próximo dia 19, a cidade completa 127 anos de emancipação política. A comemoração vai acontecer entre os dias 18 e 22, com uma programação repleta de shows locais e nacionais. A festa vai acontecer em um terreno na Avenida Copacabana, na Praia do Morro, ao lado da Paróquia Sagrada Família. Segundo a prefeitura, a lista oficial com todas as atrações, datas e horários será divulgada na próxima semana.

Confira as atrações

Quinta-feira (6)

Bruninho & Davi e Pedro Sampaio

Local: Luazul - R. Servidão III, Nova Guarapari

Horário: 22h

Preço: a partir de R$ 40

Classificação: 18 anos

Glauco

Local: Mex Steak & Beer - Av. Beira Mar, 2700, Praia do Morro

Horário: 22h

Preço: R$15

Classificação: 18 anos. Menores entre 16 e 17 anos somente acompanhados por pais ou representante legal.

Sexta-feira (7)

Sunset Paradise - Cat Dealers, Lothief e Victor Kill.

Local: Thale - Av. Viña Del Mar, Enseada Azul

Horário: 15h

Preço: a partir de R$ 90

Classificação: 18 anos

JonJon é atração no Multiplace Mais
JonJon é atração no Multiplace Mais
Foto: Divulgação

JonJon - o Baile e Atitude 67

Local: Multiplace Mais - Rua A, Meaípe

Horário: 22h

Preço: a partir de R$ 70

Classificação: 16 anos. Menores entre 14 e 15 anos somente acompanhados por pais ou representante legal. Club Maritmo: 18 anos.

Felipe Brava

Local: Mex Steak & Beer - Av. Beira Mar, 2700, Praia do Morro

Horário: 22h

Preço: R$15

Classificação: 18 anos. Menores entre 16 e 17 anos somente acompanhados por pais ou representante legal.

Sábado (8)

Sunset Paradise - Illusionize, Jord, Wood2Tech e Evokings

Local: Thale - Av. Viña Del Mar, Enseada Azul

Horário: 15h

Preço: a partir de R$ 70

Classificação: 18 anos

Sorriso Maroto agitam a Multiplace
Sorriso Maroto agitam a Multiplace
Foto: Divulgação

sorriso Maroto (ft. Thiago Martins) e Mc Don Juan

Local: Multiplace Mais - Rua A, Meaípe

Horário: 22h

Preço: a partir de R$ 70

Classificação: 16 anos. Menores entre 14 e 15 anos somente acompanhados por pais ou representante legal. Club Maritmo: 18 anos.

Thayane e Thyago Oliver

Local: Mex Steak & Beer - Av. Beira Mar, 2700, Praia do Morro

Horário: 22h

Preço: R$15

Classificação: 18 anos. Menores entre 16 e 17 anos somente acompanhados por pais ou representante legal.