Notícia

Ex-assessor é autor do tiro que matou o ex-governador Gerson Camata

Marcos Vinicius Moreira Andrade tem 66 anos e foi encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória

Foto: Divulgação | Polícia Civil

Marcos Venicio Moreira Andrade, 66 anos, confessou à polícia ser o autor do disparo que matou o ex-governador do Espírito Santo Gerson Camata. O crime ocorreu na tarde desta quarta-feira (26), na Praia do Canto, em Vitória.

Minutos após o crime, Marcos foi detido e encaminhado para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Vitória, para prestar esclarecimentos. 

De acordo com o secretário de Estado da Segurança, coronel Nylton Rodrigues, a motivação do crime contra Camata foi uma ação judicial promovida pelo ex-governador em desfavor do ex-assessor Marcos Venicio. "Esse ex-assessor trabalhou com Gerson durante 20 anos e teve R$ 60 mil bloqueados em sua conta devido à ação judicial. Hoje, na Praia do Canto, o autor do crime, foi tirar satisfação ao encontrar Gerson Camata na rua, na calçada próxima a uma padaria e a uma banca de revistas. Neste encontro iniciou-se uma discussão verbal, momento em que Marcos sacou uma arma e efetuou um disparo que vitimou o ex-governador".

 

 

Ainda de acordo com o secretário, a arma não possuía registro e o assassino foi preso ainda na Praia do Canto por policiais que estavam de folga, minutos após o crime.

> Quem foi Gerson Camata?

> 'Era uma figura tranquila', diz Lelo sobre Camata

Ver comentários