Notícia

Mãe embarca para São Paulo para buscar filho raptado pelo pai no ES

Patrícia Paulo Bull, de 27 anos, embarcou acompanhada de uma policial civil e será acompanhada pela PC de São Paulo para reencontrar o filho. A expectativa é que eles consigam retornar ao ES ainda nesta quarta-feira (1º)

Patrícia Paula Bull, de 27 anos, embarcou nesta quarta-feira (1) para encontrar o filho de dez meses que havia sido raptado pelo pai
Patrícia Paula Bull, de 27 anos, embarcou nesta quarta-feira (1) para encontrar o filho de dez meses que havia sido raptado pelo pai
Foto: José Carlos Sheiffer

Embarcou na manhã desta quarta-feira (1º), com destino a São Paulo, Patrícia Paula Bull, de 27 anos, para reencontrar o filho Ravi Pietro de Carvalho Pinho, de dez meses, que havia sido raptado pelo pai Rodrigo de Carvalho Pinho, de 38 anos, no dia 18 de abril. Ravi foi encontrado pela Polícia Civil nesta terça-feira (30) e passa bem, enquanto o pai foi detido e encaminhado à delegacia e deve responder por crime de subtração de incapaz.

> Vídeo mostra resgate de bebê raptado pelo pai no ES

Já no Aeroporto de Vitória, Patrícia conversou com a equipe de reportagem da Rádio CBN Vitória e contou que soube do resgate do filho na tarde desta terça-feira pelo delegado-geral da Polícia Civil José Darcy Arruda, que acompanhou Patrícia. A mãe agora diz estar aliviada.

 

> O momento em que a mãe de bebê raptado no ES recebeu a foto do filho

"O maior alívio para mim foi saber que ele estava bem. Agora eu espero chegar lá, encontrar ele rapidinho e ficar grudadinho nele. Primeira coisa é que eu vou beijar ele muito, abraçar ele muito e colocar ele no peito. É o que ele mais gosta de fazer, o que fazia quando estava comigo e é a primeira coisa que vou fazer", desabafa a mãe.

POLÍCIA ESPERA MÃE

O delegado-geral da Polícia Civil do Espírito Santo, José Darcy Arruda, explica que Patrícia viaja acompanhada de uma policial civil do Estado e uma equipe da PC de São Paulo está esperando no aeroporto. A expectativa é que Patrícia e Ravi consigam voltar ainda hoje para o Estado.

"Eles (PC) vão fazer um trabalho e, como hoje é feriado, vai depender do juiz de plantão, porque é preciso uma autorização judicial, mas acredito que corra tudo bem e que ela tenha autorização para voltar ainda hoje para o Espírito Santo", finaliza.

Quanto ao pai da criança, o delegado informou que ele já estava com um mandado de prisão expedido por violação de medida protetiva e ainda cometeu o crime de subtração de incapaz. Após audiência de custódia, ele deve ser trazido ao Estado.

"Em razão dele ter praticado outros crimes em São Paulo, ele foi autuado em flagrante lá, vai ser encaminhado a uma audiência de custódia, já fizemos contato com a delegada e ela nos prometeu que, assim que ele passar pela custódia, ela vai fazer contato conosco e nós vamos recambiá-lo", afirma.

Ravi Pietro de Carvalho Pinho, de dez meses, foi raptado pelo pai Rodrigo de Carvalho Pinho, de 38 anos, no dia 18 de abril, em Santa Maria de Jetibá, região serrana do Estado. Desde então, a mãe da criança, Patrícia Paula Bull, 27, não sabia do paradeiro do filho. Nesta terça-feira, a criança foi encontrada em Santo André, São Paulo e o pai foi preso.

Com informações de José Carlos Schaeffer

Ver comentários